A importância da vacina em adultos

Quando falamos em vacinação, lembramos da nossa infância e do famoso Zé Gotinha, entretanto é importante saber que existem vacinas que precisam ser atualizadas mesmo após a vida adulta.

Esses dias fui ao médico realizar exames e me deparei com a necessidade de atualizar o calendário de vacinas. Fiquei um pouco surpreso com a notícia e resolvi correr atrás para saber mais sobre o assunto.

Achei um artigo da Pfizer que explica a importância das pessoas em manter a vacinação em dia. Eventos internacionais e viagens para lugares onde existe um índice de contaminação tornam a propagação de determinadas doenças mais fácil.

Pessoas que treinam na natureza também estão mais suscetíveis a determinadas doenças.

Algumas vacinas duram por toda a vida enquanto outras tem um prazo de validade e necessitam de reforços periódicos.

Segue uma lista de vacinas que são necessárias para a vida adulta;

1. Hepatite B:  Ministrada em três doses para quem não tomou na infância ou na adolescencia. Algumas pessoas tem uma disposição genética que impede a imunização contra a Hepatite B. O ideal é tomar as primeira doses, esperar 3 meses e ir ao médico para realizar exames para saber se o corpo foi imunizado;

2. Tríplice Viral: Dose única. Contra-indicada para gestantes e pessoas com imunidade afetada.

3. Dupla adulto(dt): Prevenção de Difteria e Tétano. Deve ser tomada a cada 10 anos por toda a vida. É a famosa vacina que as pessoas só tomam quando se cortam em algum objeto enferrujado em uma fazenda ou em algum lugar no meio da natureza.

4. Febre Amarela: Algumas pessoas dizem que a dose é única, o artigo da Pfizer diz que é a cada 10 anos. Indicado para pessoas que moram ou viajam para regiões onde o risco da doença é alto. Geralmente o pessoal que viaja para países da américa do sul costumam tomar essa vacina.

5. H1N1(gripe): Indicado para pessoas da melhor idade e pessoas que possuem muito contato com pessoas.

6. Vacina Anti-Pneumocócica: Achei essa fonte no site do Centro de Vacinação de Adultos – CVA . Essa vacina reduz o risco da pessoa adquirir pneumonia, meningite e sepse. Aplicada em idosos e indivíduos com mais de 2 anos que possui doenças ou condições que atacam o sistema imunológico.

Algumas pessoas não gostam de se vacinar por conta dos efeitos colaterais ou por achar que não há necessidade. Por via das dúvidas, o importante é manter a saude.

Existem alguns cuidados que deve ser tomados para estar sempre saudável:

  • Praticar atividade física;
  • Reforçar o sistema imunológico;
  • Ter uma boa alimentação;
  • Buscar melhorar o humor e evitar uma vida estressante;
  • dentre outros….

Dessa forma poderemos aumentar a longevidade e curtir o que a vida tem a nos oferecer.





Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *